sábado, 20 de agosto de 2011

Baby, please remember me once more.





Você estava lindo, com aquele sua blusa branca que eu amava, que aparecia um pedacinho da sua tatuagem. Eu só conseguia te observar, sem falar nada. Ver o seu sorriso e o jeito feliz que levava a vida. Seu cheiro me encantava, e seu olhar me fascinava. Logo, fiquei triste em saber que não estavamos mais juntos e que você não sentia minha falta.

Adele começou a tocar… But don't you remember? Adele perguntou, e eu perguntei a ti, baixinho para não haver resposta. Baby, please remember me once more… Você era o cara mais idiota, e o que mais me deixaste apaixonada, de todo o universo. Meus olhos se encheram de lágrimas. Ninguem conseguia me deixar assim, só você. Será que por trás de tanta frieza, você ainda sentia alguma coisa por mim? Enxuguei minhas lágrimas, mas outras vieram pra molhar meu rosto, novamente.

Adele começou a cantar: ‘When was the last time you thought of me? Or have you completely erased me from your memory?’ e você chegou pertinho de mim.
- Você está bem?
- Essa música me trás lembranças boas.
- Só isso?
- Aham.

Fiquei em silêncio e fechei os olhos, para que lágrimas parassem de escorrer sobe meu rosto, e Adele repetia: But don't you remember? Don't you remember? Você olhou pra mim, pegou em minha mão e sorriu.
- Eu nunca te esqueci, meu amor.

Nenhum comentário:

Postar um comentário