terça-feira, 26 de julho de 2011

Saudade tem nome, sobrenome e endereço fixo.

tumblr_loywhjOGvb1qjoiipo1_500_large
Eu tentei esconder todo esse tempo, a falta que você me faz. Mas não dá mais. Eu sinto sua falta como se você fosse meu ar. Eu sinto saudade, tanta saudade. Aquela saudade que aperta seu peito por alguma horas, enquanto as lágrimas escorregam pelo meu rosto e vontade é de pegar o primeiro ônibus e ir pra perto de ti. E ficar a te abservar até o dia raiar e esperar você sair pra trabalhar, te dar um abraço e te pedir pra voltar. Mas isso não vai acontecer, por enquanto.

Enquanto isso não acontece, fico à observar as estrelas todas as noites e pensando o quanto fomos bobos juntos. O quanto nosso amor nos deixava apaixonados, a ponto de deixar uma marca profunda em meu peito, que hoje lamenta a sua ida sem volta!

Agora vem a parte mais dolorosa, aquela parte da história que você não consegue ficar sem chorar, que você vê aquele casalzinho separados e o certo é eles ficarem juntos. Os dois se amam, mas por algum motivo besta não estão mais juntos. Essa é a pior parte, a que você mais chora e a que mais dói.

Agora vem o fim, aquele momento mágico em que você fica sabendo se o casalzinho apaixonado fica junto ou não. Mas esse fim maravilhoso depende deles, depende de nós. Cabe somente a nós dois saber se realmente vale à pena, ou é melhor cada um seguir sua vida, sem o outro!


“A saudade é grande, a dor é imensa, o orgulho é gigante e as lágrimas são muitas, mas acima de tudo isso está a esperança de ver você voltando por aquela porta.”

Nenhum comentário:

Postar um comentário